“Painting together”- atividade eTwinning

No âmbito do Projeto Erasmus+ VEAC: Values-the essence of an active citizen, a Biblioteca escolar e alunos da disciplina de Educação Visual participaram na criação de uma Galeria Virtual de histórias em imagem em colaboração com os alunos das escolas parceiras do projeto: Croácia, Estónia, Itália, Noruega, Polónia e Turquia.

Esta atividade, que procurou mostrar a Arte como uma Linguagem Universal, foi sendo desenvolvida em mais um dos projeto criado no eTwinning.

A galeria virtual pode ser visualizada no Padlet:

Made with Padlet

 

 

Anúncios

Encontro Erasmus+ na Croácia

Realizou-se entre os dias 8 e 12 de maio o último encontro do Projecto Erasmus+ 2015/17 “VEAC: Values– the essence of an active citizen” na escola parceira da Croácia Osnovna škola Otona Ivekovića Zagreb.

Neste encontro participaram 4 alunos da EB 2.3 Cego do Maio da Póvoa de Varzim  (Ana Silva e Ana Pinto do 9.ºD e Carla Fernandes e Marco Subida do 8.ºA) juntamente com 4 alunos de cada um dos países parceiros: Estónia, Itália, Polónia, Turquia e Noruega. Os alunos ficaram alojados em casa das famílias dos alunos croatas e participaram ao longo da semana em diversas atividades escolares mas o seu trabalho centrou-se na criação de um filme de animação a partir das lendas e histórias recriadas no ano transacto no encontro em Portugal, onde se realizou o Festival de Storytelling que levou posteriormente à criação de um ebook – Keepers of the Values. Esta formação foi realizada num estúdio de filme de animação (http://www.fkvkz.hr/) onde os alunos trabalharam colaborativamente durante 4 dias.
Neste encontro estiveram ainda presentes, para além dos professores acompanhantes, 7 docentes dos diferentes países para a realização de formação “How to read the city”, iniciada no encontro na Turquia.
Para além da frequência nos workshops destinados aos alunos e professores, realizaram-se atividades conjuntas, nomeadamente visita à escola e interacção nas actividades letivas, visita a alguns locais de Zagreb, ao parque Maksimir e a Varazdin.
No último dia do encontro, fomos recebidos na Casa da Europa em Zagreb pelos representantes locais onde celebramos o Dia da Europa com a apresentação do nosso projecto.
A equipa portuguesa sente-se orgulhosa pelos elogios dirigidos aos nossos alunos, escolhidos em diversas alturas do encontro para serem a “voz” de todos os alunos presentes. Muito comunicativos, excelentes no trabalho realizado no workshop de animação e uma postura exemplar quer na escola quer nas famílias que os acolheram.
Um Projeto sobre Valores que desenvolveu múltiplas atividades ao longo destes dois anos: encontros de formação de professores, encontros de formação de alunos e jobshadowing que permitiram trabalhar a diversidade em união. Também foram desenvolvidas diversas atividades virtuais, como a criação de vídeos, ebook, apresentações multimédia, videoconferências, questionários online que conduziram à atribuição de selo de qualidade nacional e europeu em 2016 pelo Serviço Nacional de apoio eTwinning, da equipa de recursos e Tecnologias Educativas (DGE/ME). Ao longo deste 2.ºano do projecto criaram-se outros projectos paralelos eTwinning que irão ser candidatos a novos selos de qualidade.
De referir ainda que este projecto foi seleccionado para ser apresentado em Bona, Alemanha, no final da presente semana como exemplo de boas práticas e irá ser representado pela coordenadora da escola croata, Vlasta Herzog.

A nossa escola em vídeo

O grupo de alunos que vai participar no encontro Erasmus+ ( VEAC VALUES – THE ESSENCE OF AN ACTIVE CITIZEN) em Zagreb, Croácia, entre os dias 8 e 12 de maio, criou um vídeo sobre a nossa escola  que irá apresentar aos restantes alunos e professores das escolas parceiras.

Página online do Projeto Erasmus+

Entrando no 2.º ano do Projeto Erasmus+ VEAC: Values – The Essence of an Active Citizen” decidiu-se criar um novo espaço – erasmusveac.weebly.com – para divulgar as atividades realizadas no âmbito desta parceria estratégica.

Capturar4
                                      CLICA NA IMAGEM para aceder ao novo espaço

Ebook – Keepers of the Values

Este ebook foi criado na sequência da atividade realizada entre os dias 14 e 18 de março na Escola Cego do Maio e no âmbito do Projeto Erasmus+.

A atividade de storytelling desenvolvida neste encontro, tal como planeado, teve continuidade, desta vez utilizando as ferramentas educativas da Web que foram usadas para a construção de um ebook com as lendas de cada um dos países. Este produto foi construído com a colaboração de todos os participantes usando a plataforma eTwinning e é composto pelas lendas e histórias contadas no Festival em Inglês e nas línguas nacionais de cada um dos países participantes, dando acesso à visualização dos vídeos produzidos e a galeria de fotos.

capa
Clica na capa para visualizar

 

Storytelling Festival

Contar histórias é uma arte que dá prazer e alegria, tanto para quem conta, como para quem ouve. Era uma vez… e viajamos  para um mundo de magia, fantasia e emoções.

Neste encontro vamos ouvir e viajar nas lendas e histórias da Croácia, Estónia, Polónia, Itália, Turquia, Noruega e Portugal.

 

cartaz festivalJPG

Forja dos Contadores – oficina de contadores de histórias II

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nesta oficina para professores, Rui Ramos, contador de histórias que já desenvolveu uma formação sobre o mesmo tema para alunos, procurou demonstrar o passo a passo do “trabalhar” de “uma história”, mostrando que a oralidade é uma forma de expressão intimamente ligada ao corpo, à voz e à expressão.

Os participantes, docentes de todos os ciclos de ensino, exploraram algumas possibilidades de interligação texto/voz/corpo, descobrindo um pouco do Contador de Histórias que cada um de nós é.

As histórias sempre habitaram o mundo das escolas, mas muitos professores ainda não descobriram o quanto elas podem ajudá-los na sua missão. Podemos dizer que o principal objetivo de contar uma história na sala de aula é divertir, estimulando a imaginação dos alunos. Mas, juntamente com este clima de alegria e interesse que a história desperta, pode atingir outros objetivos tais como: educar, instruir, desenvolver a inteligência, ser o ponto de partida para ensinar algum conteúdo programático ou mesmo ser um dos instrumentos para tentar entender o que se passa com os alunos no campo pessoal.

Geralmente, os professores acham que é necessário um talento especial para contar histórias, mas não é. Todos temos dentro de nós um contador de histórias, apenas precisamos encontrá-lo e aprimorá-lo.

A sessão com a duração de 3 horas decorreu num clima de animação e partilha constante sendo muito valorizada pelas histórias que Rui Ramos narrou.

Esta foi mais uma formação realizada no âmbito do projeto Erasmus+ (VEAC: Values: the essence of na active citizen) e direcionada em particular para a atividade que está a ser preparada para o encontro que se realiza em março na nossa escola e que tem como objetivo principal desenvolver a arte de contar histórias como uma estratégia de ensino não formal que promova a motivação pela aprendizagem.